sábado, 27 de maio de 2017

Sem alternativas, Globo organiza pedido de falência.

Globo acha engraçadino fazer piada sobre Cristo, enquanto constrói o próprio Calvário.



Temer não caiu, apesar da Campanha agressiva, usando todo seu arsenal.
Dívidas só fazem aumentar.
Morcego (***) comenta milagre do desaparecimento de bens da Empresa e de Diretores.
Iguais a Lula.
Milionários,  sem ter registro de um mísero periquito em seus nomes.
Perda de audiência absurda, não só devido Internet ou Canais Fechados.
"Mesmismo", falta de criatividade e talento, tornaram emissora obsoleta, repetitiva e cansativa.
Contratos com estrelas de primeira grandeza, salários astronômicos, não são renovados. Basta ver Jo Soares e XUXA.
Não aceitaram reduzir ganhos e foram dispensados.
Na linha de tiro temos Toni Ramos, Faustão, Denise Carvalho e Bonner, que já está afastado do JN

Contratos com famosos, mas nem tanto, curtos e bem aquém do que se imagina.
Lançar jovens que trabalham de graça, só pra ter a Carinho na Tela, torna oferta bem maior que procura.
Qualidade que se exploda.
Mesmo assim bola de neve cresce em velocidade geométrica.
Última esperança é a generosidade do Governo, com mais uma injeção de Capital, Padrão BNDES Lula.
Se já estava difícil,  depois da Empreitada Fora Temer deflagrada de forma desesperada, torneiras fechadas em definitivo.
Falência,  descartando-se algum milagre, vista como inevitável.

Marcante desabafo vindo do Clã dos Marinhos.


Salvação é fechar essa m... e abrir uma Igreja.
Abram alas para o novo Clássico de Gigantes
Universal x Global
Haja Fé! ...
Sangue de Jesus tem poder
Aleluia!
Plínio Plínio! .

VOU ALI VOMITAR E JÁ VOLTO
Coisas de um País que virou uma coisa.
E Assim o Mundo Gira e o brasil se Afunda


.

Morcego (***) - Assim chamamos nossas Fontes, garantindo-lhes preservar identidades.


Obrigado por prestigiar nosso Trabalho.
Ajude-nos a continuar.
Torne-se um Seguidor do Sofá.
Ao acessar clique nas postagens dos nossos Patrocinadores.
A cada clicada incentivará quem nos apóia e pagará seu ingresso, sem nada desembolsar.

Romario Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário