domingo, 4 de junho de 2017

LITORAL GAÚCHO - Imbé implora carinho

Abandono. Palavra que resume a Imbé de hoje.


Chove acima da média?
Não há a menor dúvida.
Justifica situação?
Si pero no mucho.


Ruas lembram rios e banhados. Coloquemos na quantidade de água 50% da culpa.
Água  represa por não ter por onde escoar.
Não há planejamento ou Projetos de saneamento e urbanismo.
Fotos mostram ruas e avenidas, provas absolutas do relachamento.
São Pedro estraga, mas não cobra imposto ou foi eleito pra preservar.
Quem recebeu voto de confiança tem de fazer por onde.
Do jeito que está, não pode continuar.
Do jeito que está,  impossível continuar.
Situação agride bom senso.
Decomposição a Céu Aberto.
Não é questão financeira.
Falta vontade. Descaso explícito.
Imbé implora por carinho.
Há começar por mudança de mentalidade administrativa.
Paramos no tempo.
Primeiro passo pra virar passado.
Não é admissível conceber convivência com esse andar pra traz e considerar normal e irreversível.


Diante do isolamento do Planeta Mundo e o crescente aumento de invasões, roubos e depredações das Residências de Veraneio, relegadas à própria sorte no Inverno, Empresas de Segurança se configuraram num alento aos proprietários de imóveis; a melhor notícia das últimas décadas.
Na contramão da Boa notícia chegou até o Sofá, reclamação de Morcego (***), usuário dos serviços e proprietário de Imóvel.
Segundo ele qualidade de serviços caiu sensivelmente, principalmente nos quesitos atendimento e demora na chegada de Vigilantes, quando requisitados.
Afirmou ter sua casa invadida por duas vezes e invasores tiveram tempo de comer um churrasco e tirar uma pestana, até a chegada dos segura e a menina que o atendeu no escritório estava mais preocupada em abrir mensagens no WhatsApp.
Mostrou-se decepcionado e decidido em colocar casa à venda e buscar outra praia mais "organizada".
Não citaremos nomes de Empresas.
Longe de ser nossa intenção prejudicar quem quer que seja ou nivelar por baixo, colocando todas no mesmo saco.
Existem exceções de bons serviços, sendo também questão a lastimar.
Deveria ser regra geral.


Intenção é alertar diretores dessas Empresas.
Hora de dar uma sacudida na rapaziada. Setor parece contaminado por acomodação,  não dando ao Cliente a Segurança a ele prometida.
Antes de publicarmos, tomamos o cuidado de realizar sondagem.
Descontentamento longe de ser fato isolado.
Reclamações mais comuns:

- Empresas fecham contratos acima de sua capacidade o pracional, sendo humanamente impossível prestar bons serviços, devido à  Equipe reduzida.
- Residências a serem monitora das distantes da base, não havendo comi chegar em tempo hábil.

Não sabemos se cabe à Prefeitura intervir e fiscalizar; de concreto apenas a constatação.
Mais um que vai embora.
O último a sair, não esqueça as varas de pescar.

.

Morcego (***) - Assim chamamos nossas Fontes, garantindo-lhes preservar identidades.


Obrigado por prestigiar nosso Trabalho.
Ajude-nos a continuar.
Torne-se um Seguidor do Sofá.
Ao acessar clique nas postagens dos nossos Patrocinadores.
A cada clicada incentivará quem nos apóia e pagará seu ingresso, sem nada desembolsar.

Romario Oliveira





Nenhum comentário:

Postar um comentário