quinta-feira, 10 de agosto de 2017

FALEMOS DE GRÊMIO - Grohe não merece beijo de Judas

Dia 09/08/2017
COPA LIBERTADORES - Oitavas se Final
Grêmio 2x1 Godoy Cruz
Local: Arena
Gols: Correa e Pedro Rocha (2)
Grêmio:
Grohe, Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Maicon (Arthur), Ramiro (Marcelo Oliveira), Luan, Pedro Rocha (Fernandinho) e Barrios.


Fácil não foi; na Libertadores nunca é. Do outro lado tinha Argentino e o co irmão vende caro a derrota.
Susto inicial foi o Gol Espírita de Correa. Chute de longe, folha seca, morreu nas costas de Grohe; logo surgiram os corneteiros.
Pérolas de sempre: Mão de Alface, irregular, atabalhoado, mal colocado e por aí vai. Começa a surgir no Humaitá Clubinho Mario Victor.
O recém contratado é um belo reforço, se bem que Sofá di Pobre acredita não ser a posição prioritária pra reforço, em época de dinheiro curto. Com Léo e Grassi estávamos bem servidos.
A estréia  de Paulo Victor foi de empolgar contra o Atlético (MG). Defesa milagrosa e pegou pênalti; perfeito, mas bom lembrar.
Grande atuação, mas foi um único jogo.
Torcedor tem memória curta. Quanto jogos Marcelo carregou o time nas costas?
Se tivesse falhado, ainda teria crédito. Sacanagem maior ao saber que não falhou. Aquela bola ninguém pegaria. Não se pode esquecer elemento surpresa. Goleiro nenhum esperaria chute, da forma que veio aquele. No máximo, acidente de trabalho.
Currículo de Grohe merece que se aposte nele; errar todos erram, principalmente Goleiro.
Consenso a prevalecer:
Paulo Victor contratado pra ser o reserva de Grohe, que fez por merecer a titularidade.
Grande jogador, Cidadão de conduta irrepreensível, atleta exemplar apaixonado e identificado com o Grêmio; Grohe definitivamente não merece Beijo de Judas.

AINDA ESTAMOS VIVOS. QUARTAS NA LIBERTADORES, SEMI NA COPA DO BRASIL E 2º NO BRASILEIRÃO; NEM NOS MEUS MELHORES SONHOS NO INICIO DO ANO, CONCEBERIA CAMPANHA IGUAL.
A CADA JOGO DAQUI POR DIANTE, HISTÓRIA DE LUTA E UNIÃO A SER ESCRITA. ELES NAS QUATRO LINHAS, ABRAÇADOS POR NÓS AQUI FORA.
QUEM COMEÇAR COM "MI MI MI", DARÁ UMA DE VERMELHO ENRUSTIDO.


Entre as competições, a mais complicada é o Brasileirão; não só pela incrível fase do Corinthians. Devemos considerar o "Obscuro Globo/CBF, que envolve esse Clube.
Árbitros entram pressionados e com medo, ao apitar jogos do Filho Preferido.
Ultimo exemplo foi Pablo Almeida da Costa, assistente que anulou gol do Jô contra o Flamengo.
Erro crasso, infantil; não resta a menor dúvida.
De estranhar é o Dia Seguinte. A pressão da mídia se torna insustentável.
Não deu outra. Fritaram o rapaz. Esse pode procurar outro Emprego.
Sou contra qualquer Equipe ser prejudicada por erros de apito, questiono apenas tratamento diferenciado.
Faça levantamento. Veja quantos erros tão ou mais absurdos ocorrem contra outras Equipes e perceberão. Fica o dito pelo não dito...
Erro humano normal. Faz parte do jogo e morre o assunto.
Arbitro quando vê camisa do Corinthians, treme. No subconsciente sabe: Errar contra é fim de carreira. Na dúvida, Salve São Jorge.


Considerando apenas a vantagem de 8 pontos conquistada pelo Corinthians em 38 jogos (47/39), conclui-se ser tarefa difícil, mas não impossível; já aconteceu antes.
Exemplo maior envolve o próprio Tricolor do Humaitá;  título perdido para o São Paulo em 2008, depois de estar 11 pontos à frente, faltando 17 rodadas.
Sequência de combinações; Grêmio parou e São Paulo desandou a vencer.
Pode se repetir?
Complicado. Do outro lado está o Corinthians.
Em 2008, na última rodada, São Paulo entrou com 72 pontos, Grêmio com 69.
Grêmio enfrentava Atlético (MG). São Paulo deveria encarar o perigoso Goiás no Serra Dourada, local em que time Goiano era praticamente imbatível.
Vitória do Grêmio, derrota do São Paulo, titulo iria pra Porto Alegre.
CBF conseguiu uma punição contra o Goiás. Jogo foi em Brasília, com 90% das arquibancadas ocupadas por São Paulinos e, logo no inicio, árbitro validou gol de Borges, escandalosamente impedido.
São Paulo Campeão e, pasmem, árbitro não foi punido.
Acho difícil que ocorra o mesmo agora.

FATO SEMELHANTE LEVARIA JUÍZ AO "EL PAREDON".


Morcego (***) - Assim chamamos nossas Fontes, garantindo-lhes preservar identidades.


Obrigado por prestigiar nosso Trabalho.
Ajude-nos a continuar.
Torne-se um Seguidor do Sofá.
Ao acessar clique nas postagens dos nossos Patrocinadores
Assim pagará seu ingresso, sem por a mão no Bolso, ajudando-nos a continuar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário